Sócrates ou os perigos da internet

É muito fácil manipular as pessoas na internet.

Na RTP, José Sócrates contou que, no dia do Portugal-Coreia do Norte, em 1966, quando saiu de casa Portugal perdia por 3-0, e quando chegou à escola já a seleção vencia por 5-3.

A ideia era realçar os feitos de Eusébio, mas a cotação de Sócrates em certas almas é tão baixa, que logo correu a net que ele tinha contado mais uma mentira.

Foi o blog "O Insurgente", assinado por Ricardo Campelo Magalhães, que lançou a confusão.

O autor insinua que o relato socrático não podia ser verdadeiro, pois o Portugal-Coreia do Norte jogou-se a 23 de Julho de 1966, que foi um sábado!

Parecia evidente ao autor deste comentário que Sócrates contara mais uma das suas petas, e foi isso que pegou fogo à net.

As pessoas que já têm o preconceito formado, de que Sócrates é mentiroso, caíram de imediato na esparrela.

Então não se estava mesmo a ver que o homem tinha inventado aquela historieta para se fazer interessante?

Acontece que, antes de escrever na net é preciso ter algum cuidado, não vá escapar-nos alguma coisa.

E de facto, ao Ricardo Campelo Magalhães escapou um detalhe: é que em 1966 havia aulas ao sábado de manhã, e à tarde havia outras actividades escolares.

Além disso, existiam actividades escolares e outras (escuteiros, etc) nas escolas até ao final de Julho!

Ou seja, no dia 23 de Julho, um sábado, Sócrates podia perfeitamente ir à escola àquela hora, e portanto não há qualquer razão para desconfiar da veracidade da sua história.

Não que eu seja grande admirador da personagem, mas este episódio é um excelente exemplo de como é fácil as pessoas correrem atrás de foguetes!

Domingos Amaral às 10:22 | link do post | comentar | favorito